Skip to main content
homem segurando suporte para ruído

Ruído industrial: saiba como evitar esse problema

Ruído é uma palavra utilizada para classificar barulhos, som ou poluição sonora não desejada. Classificado como um ruído ambiental, o ruído industrial é uma das principais causas de danos à audição de trabalhadores que, quando expostos a altas frequências, podem ser levados a um quadro de perda auditiva induzida por ruído (PAIR). Neste artigo falaremos sobre os fatores de risco para a perda auditiva ocupacional na área industrial e as principais medidas para o controle de ruídos neste segmento, continue a leitura!

homem segurando protetor para ruído

O que é ruído industrial?

De um modo abrangente, podemos definir o ruído como um fenômeno subjetivo, no qual um som ou um agrupamento de sons indesejáveis geram algum tipo de incômodo, sendo que em determinadas amplitudes esses ruídos podem causar interferências no processo de comunicação e até determinadas doenças.

O ruído industrial, como o próprio nome sugere, é um tipo de ruído existente em todas as indústrias, atribuído ao funcionamento de máquinas, equipamentos e entre outras práticas rotineiras das empresas. Algumas máquinas, principalmente as mais antigas, produzem um nível elevado de ruído, por vezes muito acima do limite tolerável, fato que entra em conflito com a qualidade de vida dos trabalhadores e prejudica sua produtividade no trabalho devido aos efeitos negativos do distúrbio.

A exposição frequente aos ruídos desencadeia diversos problemas de saúde, principalmente em se tratando da audição, mas também pode gerar estresse, irritabilidade, desordens psicológicas e fisiológicas, como pressão alta, falta de concentração e entre outras complicações.

Normas regulamentadoras

Existem normas que visam regulamentar os limites de ruídos ambientais e em comunidade, que possuem métodos de avaliação e controle próprios. Indústrias de todos os portes devem investir em medidas que viabilizem a conformidade de seu maquinário com os padrões estabelecidos pelas normas NBR 10.151 da ABNT e NR 15, que abordam a regulamentação dos limites de tolerância para ruído contínuo ou intermitente, que devem ser respeitados de acordo com os valores especificados na tabela abaixo:

tabela limites de tolerância para ruídos contínuo
Referência: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr15_anexoI.htm

Como controlar o ruído industrial?

Há três métodos principais que podem ser adaptados para reduzir o ruídos nas indústrias, são eles:

  1. Na fonte: método que permite reduzir o ruído interno no parque industrial para melhorar a qualidade dos ambientes.
  2. Planejamento físico (no meio): consiste no isolamento dos edifícios e/ou máquinas, com a disposição adequada de equipamentos, setores e estruturas de vibração (isolamento acústico).
  3. Controle sistemático dos níveis de ruído (no homem): medidas que impeçam a elevação do ruído decorrente de desgaste ou falta de manutenção preventiva de equipamentos e estruturas da indústria.

O segundo método é uma das opções mais efetivas para o controle de ruído industrial, pois consiste no isolamento acústico das fontes emissoras de ruído. Para essa resolução, a Isar apresenta soluções que oferecem eficiência e perfeito acabamento acústico, com produtos exclusivos da linha de isolamento acústico industrial. Fale conosco e encontre um projeto ideal para elevar o nível das condições acústicas da sua indústria e ficar em conformidade com as normas regulamentadoras. Nossa equipe está sempre à disposição para atendê-lo.

Fontes: www.abepro.org.br | http://scielo.isciii.es/pdf/eg/n19/pt_revision1.pdf


Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *